O Pão Italiano em Família há 103 anos!

O Pão Italiano em Família há 103 anos !


Encontrar uma direção, construindo caminhos e dando rumo à vida. Foi assim que Rafaelle Carillo, um então craque provador de vinhos da Comuna de San Giuseppe Vesuviano, na Província de Nápoles, região da Campana na Itália, chegar ao Brasil enquanto imigrante junto com sua família em 1912 para trabalhar com padaria, mais precisamente ele e seus outros três irmãos: Francisco, Antonio e Paschoal Carillo.

Durante quase sete décadas estiveram os Irmãos Carillo com sua padaria instalada no bairro do Belenzinho, inicialmente na Rua Marcos Arruda (1912-1917) e depois com a ajuda de seu padrinho de casamento João Araújo Pinto, o maior importador e exportador da região da zona cerealista paulistana na época (Ruas Paula Souza e Santa Rosa) adquire uma área na Rua Padre Adelino, ficando ali de 1917 até meados da década de 1980.
Mesmo após o falecimento do patriarca em 1960, a padaria não encerrou suas atividades, apenas mudou de endereço. Seus filhos continuaram a frente da padaria. Da união de Rafaelle Carillo e Maria Miranda Carillo, nasceram 10 filhos. Dois de seus filhos, acabaram por abrir padarias: Francisco, com uma no Tatuapé e Paschoal com uma no bairro da Mooca – ainda em funcionamento. Atualmente estão a frente do empreendimento seus bisnetos Guilherme e Gabriel Carillo, que com muita luta e perseverança acabaram por perceber que ali havia uma tradição, que não deveria se perder, além de novas oportunidades na manutenção e expansão do costume, que durantes décadas faz parte do cotidiano de centenas de famílias, não só de origem italiana e sobretudo moradoras da região da Mooca, Vila Zelina, Ipiranga, Brás, Belenzinho e Tatuapé, mas também novos consumidores que não tiveram a oportunidade de conhecer e saborear um legítimo e delicioso pão italiano.

A padaria localizada no bairro da Mooca, a rua Demétrio Ribeiro ainda mantém as tradições, com entrega de pães em domicílios e abrindo para o público aos finais de semana. Também não perderam de vista que o foco do trabalho é e precisa continuar sendo o respeito às tradições culinárias, ou seja, seguir a risca o como fazer o pão e mais do que isso, respeitar as preferências de cada cliente. Isto quer dizer que, segundo os próprios irmãos Carillo, em sua 4ª geração, Guilherme e Gabriel fazem questão de enfatizar “Pão branquinho ou mais moreno, pequeno, grande ou recheado, isto tudo é manter a tradição, além de entregar a mercadoria na porta de casa de nossos fregueses, há duas ou mais gerações”.

Este respeito e sucesso fez com que todos aqueles que se referem a pão italiano, pelo menos na região do bairro da Mooca em São Paulo, referiram-se sempre ao Pão dos Carillo, uma tradição já consolidada.

A preocupação em manter a qualidade sempre foi uma constante na história da família Carillo. Desde muito cedo a matéria prima sempre foi da melhor qualidade, a fermentação tem deve ocorrer naturalmente sem uso de conservantes ou demais agentes químicos. Foi preciso muito trabalho, dedicação e carinho para que a antiga receita e o especial sabor do pão italiano não se perdesse.

Trechos de @Marcos Marsulo
Historiador



www.estacaohistoria.com.br